30.11.2017 - NO CASO DE POLÍCIA, DELEGADO SÉRVULO CABRAL FALA SOBRE O ASSASSINATO DOS IRMÃOS NOVELINO


Você está em - Home - Notícias - 30.11.2017 - NO CASO DE POLÍCIA, DELEGADO SÉRVULO CABRAL FALA SOBRE O ASSASSINATO DOS IRMÃOS NOVELINO

AS INVESTIGAÇÕES DO DUPLO HOMICÍDIO VITIMANDO OS IRMÃOS NOVELINO, COMEÇARAM QUANDO OS FAMILIARES COMUNICARAM O DESAPARECIMENTO DOS MESMOS E DIRECIONARAM PARA UMA "REUNIÃO" QUE TERIAM PARTICIPADO COM UM EMPRESÁRIO DEVEDOR DE UM EMPRÉSTIMO, LOCAL ONDE ESTIVERAM PELA ÚLTIMA VEZ. O CASO PASSOU À ESFERA DA DRCO, À ÉPOCA COMANDADA PELO DELEGADO SÉRVULO CABRAL, QUE INICIOU ÀS INVESTIGAÇÕES, CHEGANDO A UMA CHÁCARA EM BENFICA, ONDE O CARRO DAS VÍTIMAS, MARCA COROLA, VERDE, JÁ ESTAVA SENDO DESMANCHADO. COM A PRISÃO DO PROPRIETÁRIO, UM CONHECIDO RADIALISTA (FALECIDO NA PENITENCIÁRIA FEDERAL EM CORUMBÁ), A LINHA DE INVESTIGAÇÃO AVANÇOU, SENDO QUE MARCAS DE SANGUE E OUTROS VESTÍGIOS DO ASSASSINATO FORAM ENCONTRADOS NO AUDITÓRIO DA EMPRESA DO MANDANTE DO CRIME. DAÍ,O DELEGADO CONSEGUIU CHEGAR AOS EXECUTORES, UM EX - POLICIAL CIVIL E UM EX - FUZILEIRO NAVAL QUE ACONDICIONARAM OS CORPOS EM TONÉIS LACRADOS À CONCRETO E DESPEJADOS NO MEIO DA BAÍA DO  GUAJARÁ PARA QUE NUNCA MAIS  FOSSEM ENCONTRADOS. UM BRILHANTE TRABALHO DA POLÍCIA PARAENSE.

O DELEGADO CONTOU COMO CHEGOU AOS MATADORES.OUÇA.PARTE 1

 

O DELEGADO CONTOU COMO CHEGOU AOS MATADORES.OUÇA. PARTE 2

O DELEGADO CONTOU COMO CHEGOU AOS MATADORES. OUÇA. PARTE FINAL

 

 

 

 

CABRAL: "COM A LOCALIZAÇÃO DOS CADÁVERES DAS DUAS VÍTIMAS, COMPLETAMOS ASSIM O CICLO DAS INVESTIGAÇÕES, CULMINANDO COM TODA A DESCOBERTA DO DELITO E TODA A COMPROVAÇÃO PERICIAL E TESTEMUNHAL DENTRO DOS AUTOS"